A encantadora cidade de Paris!

Ah Paris! Que cidade encantadora!

Paris é extremamente luxuosa, cheia de história, arte e cultura.

Com uma arquitetura impecável, você pode caminhar e descobrir uma porção de lugares charmosos.

 É preciso estar atento não só às grandes atrações da cidade e seus monumentos, mas a cada cantinho agradável que surpreende a gente.
A melhor forma de aproveitar a cidade é caminhando, não só pelas grandes ruas e avenidas, mas também adentrar nos seus “arrondissements”, conhecido por nós como bairros.
Paris é dividida na forma de um “escargot” e possui 20 “arrondissements”.

A Île de la Citè, sobre o rio Sena, é o coração da cidade.

Isso porque ela nasceu nessa ilha e, aos poucos foi crescendo ao redor dessa área.

f1
A famosa Catedral de Notre Dame que está situada no coração de Paris

Essa linda Catedral de Notre Dame foi encomendada  em 1159 e levou 2 séculos para ser concluída. Ela assistiu aos grandes momentos da história francesa, inclusive a coroação de Napoleão Bonaparte, em 1804 e o funeral de Charles de Gaulle em 1970.

f2
Os maravilhosos vitrais da Sainte Chapelle – também localizada na Île de la Citê

 A partir de 1860, Paris passou a ter 20 “arrondissements”, que são numerados em espiral.

Então, qual a melhor área para se hospedar? 

Eu acho mais conveniente ficar nos “arrondissements” próximos da Île de la Cité, onde está localizada a famosa Catedral de Notre Dame. Gosto de me hospedar entre o 1°e 6º “arrondissements”, pois fica mais fácil percorrer as principais atrações turísticas a pé.

f3
Paris é um charme! E alguns lugares você vai descobrir caminhando, mesmo que estiver chovendo! 🙂

 Caminhe à beira do Sena, pois é um lugar maravilhoso e de lá você também pode passar pelo Museu do Louvre, pela Torre Eiffel e uma série de locais que você vai descobrindo ao percorrer as margens do rio.

f4
O rio Sena

Sente em um café, observe a cidade e prove das “délicatesses”. Aproveite para apreciar as belas construções e não se preocupe em conhecer tudo de uma vez só!

Organize-se e veja quais são os lugares perto da área onde você está para então conhecê-los.
Desfrute da beleza que a cidade tem a oferecer, repare nos hábitos dos parisienses, e é claro, não deixe de provar os deliciosos crêpes.
f5
O preparo de um crêpe nas ruas da cidade

Para facilitar, estou listando os lugares mais interessantes que passamos, de acordo com a localização nos “arrondissements” ou bairros de Paris. 

Como não fomos em todos, faltarão alguns deles. 🙂 Je suis desolée! (Sinto muito)

– é onde se encontram o Museu do Louvre e o “Jardin des Tuilieres”.

– onde você encontra os “Grands Boulevards”.
– o “Marais”, que é uma área descolada e agitada da cidade.
– a “Place Des Vosges” é uma das praças mais bonitas da Europa e a mais antiga de Paris, onde você pode visitar a casa que Victor Hugo morou.

“Hotel de Ville” (Prefeitura) e o “Centre Pompidou”, com uma arquitetura pós-moderna.

f6
Place des Vosges
f7
“Hotel de Ville” à esquerda, ou prefeitura.
f8
Quarto do Victor Hugo em sua casa na “Place des Vosges”, número 6
f10
Centre Pompidou

 

– a famosa Sorbonne (Universidade de Paris) e o “Pantheon”. Esta é a área do Quartier Latin. O latim era a língua comum falada pelos estudantes durante a Idade Média. 

É o meu lugar preferido para hospedagem, pois acho mais aconchegante e me dá a impressão de estar em uma “pequena” vila dentro dessa cidade tão bela onde estudantes e profissionais se misturam.

f11
Pantheon

Neste “arrondissement” está o Museu de Cluny, sobre a história  da Idade Média. 

Situa-se no quartier latim. Para mais informações acesse

f12
Museu de Cluny

É muito interessante como os franceses ensinam desde pequenos os seus filhos a apreciarem a cultura local. Pude notar isso nos museus, com os pais explicando a eles, do que se tratava cada obra de arte. Que bacana!

f13
Essa sou eu, passeando pelo quartier latin

– Jardim de Luxemburgo e a mais antiga Igreja de Paris, Saint Germain-Des-près.

Encontram-se também neste “arrondissement”, Galerias de artes, belas boutiques e bons restaurantes.

 – a famosa Torre Eiffel, “Hotel des Invalides” , “École Militaire” e o Museu D’Orsay.
f14
A Torre Eiffel vista do topo do Arco do Triunfo

O Museu Rodin, com suas belas esculturas, é uma ótima opção.

Criado em 1916 pela iniciativa do próprio Auguste Rodin, abriga sua coleção de belas esculturas, tais como o “Penseur”, “le Balser”, “La Cathédrale” e outras mais.

Eu gostei muito!

19,av. Auguste Rodin –acesse aqui para mais informações

f15
O pensador de Rodin – Museu Rodin (Le Penseur)
f16
École Militaire

-a famosa avenida Champs Élysées, o Arco do Triunfo, a “Place de La Concorde” e a “Place de la Madeleile”.

f17
O Arco do Triunfo visto da Champs Élysées

– a Opéra de Paris e a Galeria Lafayette.

f18
Assistindo ao ballet na Opéra Garnier! Lindo demais!

Assistir a um espetáculo na Ópera Garnier de Paris é uma experiência única. Se tiver a chance, eu super recomendo!

Os ingressos custam em torno de 100 euros, mas a experiência é incrível!

10°– a “Gard du Nord”  (estação de trem), uma das maiores de Paris.

 11°– “Bastille”.
f20

 

12°– o “Viaduc des Arts”, um viaduto suspenso que foi transformado em parque. Era uma estrada de ferro que foi desativada em 1969 e transformada em jardim suspenso. Uma delícia de lugar que mostra uma paisagem diversificada em todo o seu percurso. você poderá observar além dos belos jardins a arquitetura parisiense.

Esse local não é muito conhecido pelos turístas!

f22
Promenade Plantée no Viaduc des arts

13°– “Bibliothèque Nationale de France”

14º– Montparnasse.
16º – “Jardins Du Trocadéro”
18°– o gracioso bairro de Montmartre, a Sacré Cœur e o Moulin Rouge.
f23
A bela Sacré Cœur

A Sacré Cœur está na boêmia área de Montmartre, onde os pintores locais exibem suas obras. O bairro é uma graça, com uma linda vista. Não deixe de conhecer. 

Prepare-se para subir uma longa escada ou então pegue o teleférico, que é pago.

Olha que pintura linda que encontrei saindo do metrô de Abesses em direção à Montmartre.
f24
Que surpresa agradável ver essa pintura no metrô!

Outra dica: não deixe de ir na ilha de Saint Louis, que é perto da Île de la Citè. O lugar é muito agradável e vale a pena passear por lá, ver suas charmosas lojinhas com lembranças da cidade, sorveterias e algumas boutiques bem interessantes.

A Torre Eiffel, o Arco do Triunfo e a Igreja de Sacré Cœur, são lugares que você consegue ter uma linda vista de Paris!

f26
Vista de Paris do topo do Arco do Triunfo.

Delícias de Paris: Não deixe de provar dos famosos “macarrons ” franceses. Tem a Laudurée, a Fauchon e a Pierre Hermé, que para o meu paladar é a melhor!

Tem tanta coisa para fazer e conhecer em Paris…mas acima de tudo, desfrute com calma, sinta a cidade!

Transporte: o metrô é uma ótima opção, pois permite que você escape do trânsito, além de ser mais barato do que os táxis. O valor da passagem é de 1,80 euros. Mas caso você também queira pegar um táxi, há o aplicativo taxisG7, onde os veículos são equipados com free Wi-Fi. Achei muito conveniente!

f28

O ideal é ficar pelo menos 5 dias em Paris, mas se puder ficar mais, melhor!

Essa rica cidade tem muito a oferecer!

Hotéis que eu gostei e recomendo:

Jardin de Cluny – 9, rue de summerard – quartier latin acesse

Hotel Atmosphere – 31,rue des écoles – quartier latin (tem uma decoração meio Moulin Rouge, mas é um ótimo hotel) acesse

Restaurantes e outras delícias em Paris:

Restaurante “Café Des Arts”na 31, Rue Saint-Andrés des Arts/métro Saint-Michel

(aliás o local ao redor é uma graça) e esse restaurante embora simples, oferece um menu com um preço razoável. São 16 euros para você escolher uma entrada, o prato principal e uma sobremesa. O creme brûle é uma delícia!

Pierre Hermé – que delícia de doces e “macarrons”! Um dos endereços é na 72, Rue Bonaparte.

f30
Meus preferidos! 🙂

Ladurée – há várias, mas é bem bacana a loja da 75, avenue des Champs Elysées. Outro endereço é na 21, Rue Bonaparte ( Esta é a mesma rua que você vai encontrar também a Pierre Hermé)

Fauchon – 26 ,Place de la Madeleine

Angelina – 226, Rue de Rivoli – mas há outros endereços também, para se provar o delicioso chocolate quente e outras delícias

Crêperie des Arts – 27, Rue Saint-André-des-Arts

Deixe uma resposta

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

Translate »