Cinco lugares para você conhecer na Provence

Eu poderia listar várias cidades para visitar na Provence, mas dessa vez quero compartilhar com vocês as menos conhecidas, mas muito charmosas que encontramos nessa viagem feita no mês de maio de 2017. Conforme escrevi no post anterior, a cidade de Aix-en-Provence é um ótimo local para fixar base e conhecer a região, com paisagens incríveis, campos de lavanda, um lugar onde a simplicidade e a exuberância se misturam nas paisagens com flores, cores e aromas.

Viajar pelas estradas do interior é a melhor forma de conhecê-las, entre uma cidadezinha e outra você encontra lugares que não costumam aparecer nos guias turísticos. Eles são tão lindos que o caminho já é parte do roteiro.

Colocamos no GPS a cidadezinha de Lourmarin, partindo de Aix-en-Provence, depois Roussillon, Gordes e finalmente Valensole, onde estão os famosos campos de lavanda.

  • Lourmarin – É uma das mais bonitas vilas da França. Comece pelo Château. Há duas partes no castelo: uma do período medieval (1475-1526) e outra no estilo Renascentista (1526-1560).
Essa foto eu tirei ao lado da loja de vinhos do Château de Lourmarin
Chegando em Lourmarin
Em um charmoso café em Lourmarin

São inúmeras ruelas que formam o coração da cidade. Descobri por acaso, mas me apaixonei imediatamente. Tem galerias de arte, artesanatos locais, restaurantes, cafés e claro, charme, muito charme! Afinal estamos falando da região da Provence. 🙂

  •  Roussillon – Situada no alto de uma colina, assim que você chega no local tem um estacionamento público, que me custou 3 euros por 2 horas. Carro estacionado, hora de conhecer essa linda cidadezinha e as formações rochosas que dão nome ao local. As escarpas de terra vermelha são uma mistura de óxido de ferro e argila, de onde foram tiradas as pedras para construir a cidade. No começo o ocre era extraído por pequenos fazendeiros que o faziam como atividade agrícola principal. Com a revolução industrial do século XIX houve um aumento da exploração. Mas a concorrência dos corantes artificiais provocou o declínio do mercado e da produção local em 1929.

Caminhe até essa linda vila e suba no ponto mais alto de Roussillon, vai lhe render belas fotos. Veja os corantes nas lojinhas locais, se você é artista vai pirar com a variedade de tons. Ah, não deixe de provar o sorvete de lavanda, é uma De-lí-ci-a!

Roussillon
Dessas formações rochosas é retirado o ocre
As cores e o charme de Roussillon
Os corantes naturais
Sorvete de lavanda. Delicioso!

Eu aconselho a visitar no máximo duas dessas cidades por dia. Por exemplo,  Lourmarin e Roussillon.

  • Gordes – Essa aldeia suspensa dominada por um château do século XVI,  forma um belo cenário, principalmente visto da estrada, quando você se afasta pela estrada. É agradável passar uma tarde caminhando pelas ruelas de Gordes, em um delicioso sobe e desce, com cantinhos que é quase impossível deixar de fotografar. O lugar oferece ainda, uma vista linda da região, com campos cultivados e cercado por colinas.
Gordes
Vista da região
Caminhando pelas ruelas de Gordes

Como eu queria conhecer os campos de lavanda, mesmo sabendo que ainda não era a época de vê-las florescer, seguimos viagem para Valensole.

  • Valensole – Um lugar onde os campos de lavanda, fazem o espetáculo! Elas são cultivadas a 800 metros de altitude.

Quando chegamos elas ainda não haviam florescido, mas fiquei feliz de conhecer o lugar. Lógico que amaria ver esses campos floridos, mas a época que isso acontece é no final de junho e começo de julho. *Fica a dica!

Os campos de lavanda em Valensole

 

  • L’Isle-sur-la-Sorgue – Situada a 65km de Aix-en-Provence, você vai encontrar essa cidadezinha que também me encantou.
L’Isle sur la Sorgue

Situada às margens do rio Sorgue, com feirinhas de antiguidade e uma arquitetura bem provençal, o lugar é uma graça. Há vários restaurantes e cafés ao longo da principal avenida da cidade (Avenue de la Libération). L’Isle sur la Sorgue é um  lugar super agradável para se visitar.

Um dos charmosos cantinhos de L’Isle sur la Sorgue
Uma das construções na Av. da Libération

Lembrando que todo esse percurso foi feito de carro. Então pé na estrada, sorriso no rosto, porque você estará viajando pelas estradas da Provence!:)

 

Deixe uma resposta

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

Translate »