Um lugar lindo no sul da Alemanha! O Lago Königssee, no Parque Nacional de Berchtesgaden

Folheando um guia de Munique, nessas lojinhas que vendem as lembranças locais, deparei-me com uma fotografia que me chamou atenção, a da Região de Berchtesgaden.

 Eu percebi que não poderia ir embora sem conhecê-la.
 Situada na cidade de Schönau am Königssee, à 150 km de Munique e à 30 km de Salzburg, esse lugar é de tirar o fôlego de tão lindo!

O Parque Nacional de Berchtesgaden foi criado em 1978. Desde 1909, os barcos da navegação de Königssee dispõem de um acionamento elétrico, preservando assim a tranquilidade e limpeza do lago.

konig

No estacionamento.
Logo que você chega de carro, há um amplo estacionamento gratuito.

Há várias opções para se fazer na região: passeio de barco no lago e caminhadas na serra, ir até o Eagel’s Nest (Ninho da Águia) conhecido como um dos refúgios de Hittler e atualmente um restaurante onde se chega de carro ou a pé caminhando durante 2 horas.

 Como eu cheguei na parte da tarde, não foi possível fazer muito do que a região oferece. Mas cheguei no lugar da fotografia que eu havia visto: St. Bartolomeu.

Eles recomendam que se inicie o passeio antes das 10:30 horas, para não haver fila de espera e assim, ser possível visitar a maior parte dos lugares desse lindo lugar.

kon1

koni
No caminho para pegar o barco há várias lojinhas e restaurantes, daquelas que você encontra em lugares turísticos.

konign

 

É necessário adquirir o seu ticket para fazer o passeio de barco, que tem duas opções de percurso: o bilhete “B” que vai até a Igreja de São Bartolomeu (no meio do percurso) e custa 13,90 euros e o “S” que vai até Salet. No “S” que é o mais longo, você pode desembarcar em São Bartolomeu e depois seguir para Salet, o preço é de 16,90 euros. Foi o “S” que eu fiz em virtude do horário que cheguei ao local, às 13:30 hs.

 Dois guias vão explicando tudo sobre a região, um falando alemão e o outro inglês. Mas você também pode pegar um folheto antes de embarcar em português, caso prefira.
O famoso Eco de Königssee (Echo) é a principal atração durante o passeio de barco. Antigamente, o condutor disparava um tiro com um morteiro manual cheio de pólvora preta e se podia ouvir o eco até 7 vezes. Hoje em dia o guia toca uma trombeta que ecoa de forma surpreendente. Uma experiência incrível!
ko1
Em St. Bartolomeu

ko2

O lago Königssee tem 8 km de comprimento, uma largura de 1250 m e uma profundidade de cerca de 200m. Mesmo no alto verão, a água é muito fria, pois ele é alimentado por afluentes fundos e subterrâneos.

ko3
Olha só a cor da água!


ko4
Durante o passeio de barco.

 

ko5
Chegando em St. Bartolomeu.

A água do lago é cor verde-esmeralda, e o local todo impressiona em com tanta beleza. Na parte rasa do lago dá para ver o fundo com extrema nitidez. É o mais limpo da Alemanha e tem qualidade de água potável.

ko6
Cada lugar de tirar o fôlego!

A corrente de serras atrás de St. Bartholomä (ou São Bartolomeu) é o Steinerne Meer, uma serra fronteiriça com a Áustria.

serra de Watzmann, tem o pico médio com uma altura de 2713 m e assim é a segunda mais alta da Alemanha. 

ko7
A igrejinha de São Bartolomeu

O passeio leva cerca de 1 hora e 15 minutos, ida e volta até São Bartolomeu. Lá está a igreja que compõe

esse cenário simplesmente lindo!

ko8
Na Igreja de St. Bartolomeu.
ko9
O barco elétrico.

Esse passeio foi uma das grandes surpresas da viagem, que acabei descobrindo durante nossa estadia em Munique.

O sul da Alemanha vale muito a pena ser visitado.

Esses desfiladeiros e o lago Königssee foi um dos lugares mais lindos que eu já vi.

…E olha que nem estava nos meus planos de viagem visitá-lo!  Descobri por acaso. E não é assim que muitas das melhores coisas na vida acontecem?!…Quando a gente menos espera!

 

Deixe uma resposta

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

Translate »